MENU

7 de novembro de 2014 - 19:32F1

Nos lagos, 4

INTERLAGOS – Só para continuar o post de mais cedo, sobre o treino e o papel de protagonista da Ferrari, eu decidi escrever sobre a equipe italiana para o texto final sobre o dia de hoje em Interlagos. Deixo aqui uma parte da matéria sobre a confusa escuderia vermelha, que vive um dos piores anos de sua longa e rica história na F1. Desde 1993, a esquadra não fechava um ano fora do top-3 entre os construtores e, a curto prazo, a coisa não parece que vai mudar.

A imagem do fogo na Ferrari de Alonso foi emblemática e revelou muito da decepção que virou Maranello. A equipe italiana não evoluiu mais uma vez. Não saiu do lugar, e essa é a verdade. O tão falado planejamento não deu certo, a unidade de força não correspondeu a contento, o projeto do carro idem. Os dois pilotos lutaram o ano inteiro com um modelo errático e pouco competitivo. Foram apenas dois magros pódios, ambos com Fernando. A última vitória foi há mais de um ano.

Aqui o texto completo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>