MENU

25 de fevereiro de 2015 - 14:48Sem categoria

Barrichello no Marcas

BarrichelloSão Paulo (de volta e de vez) | Nada como voltar de férias e ter uma informação quentinha esperando… Pois é, nem bem voltei dos dias de diversão e descanso e já posso confirmar que Rubens Barrichello terá trabalho dobrado neste ano.

Além de correr na categoria em que se tornou campeão no ano passado, o ex-piloto da F1 e da Indy vai disputar também o Brasileiro de Marcas na temporada 2015.

Barrichello vai defender a Full Time, equipe em que também corre na Stock, e vai ampliar o vínculo, competindo no Marcas a bordo do Renault Fluence. Rubens terá como companheiro de equipe o piloto Eduardo Rocha, que já está no campeonato desde 2013. A Renault pretende alinhar também mais dois carros no grid.

Importante dizer que, neste ano, o Marcas acompanha algumas etapas da Stock Car, dentro do formato novo adotado pela Vicar, a empresa que organiza os dois campeonatos, além do Brasileiro de Turismo, da F3 Brasil e do Mercedes-Benz Grand Challenge. O mesmo vale para as demais categorias sob a direção de Mauricio Slaviero.

Como se sabe, a marca francesa volta ao automobilismo nacional neste ano e escolheu o Marcas para esse primeiro passo. A fabricante estuda seriamente também ingressar na Stock Car no próximo ano e reeditar a F-Renault. Todos os acordos estão vinculados.
Renault
Em um passado recente, a fabricante já esteve envolvida com o esporte a motor tupiniquim, quando lançou a F-Renault e a Copa Clio, em um projeto liderado também pelo ex-piloto Pedro Paulo Diniz, que durou entre 2002 e 2006.

A primeira etapa do Marcas está marcada para 22 de março, junto com a Stock, na pista de Goiânia.

1 comentário

  1. carlos atila disse:

    Prezada Evelyn, é muito bacana nos vermos o retorno da renault ao automobilismo nacional, mas de qualquer maneira eu gostaria de fazer alguns comentarios,
    nosso automobilismo, não esta melhor, devido aos altos custos, inclusive o fator tv.
    veja hoje paga-se muito dinheiro por uma hora de transmissao ao vivo em uma rede de tv. ao passo que o futebol, recebe muito dinheiro para ser transmitido.
    patrocinadores do ramo automotivo, por vezes migram para o futebol, expondo suas marcas em estadios ao passo que podiam estar em autodromos.ex. marcas de combustivel, pneus,etc. esta na hora do ministerio dos esportes criar incentivos, que possam alavancar o nosso automobilismo, a exemplo da argentina. que tem campeonatos solidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>